Ponte do Fandango

Base Sindical


Dona Francisca


DONA FRANCISCA 
Dona Francisca, cognominada "namorada do Jacuí". O atual município de Dona Francisca é a antiga Colônia de Santo Ângelo, fundada em 1855, à margem direita do Rio Jacuí. Com uma área de 105,50 Km², Dona Francisca progrediu calcada no árduo e profícuo trabalho dos imigrantes alemães e, mais tarde italianos, estes providos de Vêneto e Treviso, na Itália. Emancipada desde 1965, tem sua economia baseada na agricultura, sendo o município com a maior produtividade de arroz do país.
A cidade de Dona Francisca é um cartão postal. É uma cidade pequena, com cerca de 3.893  habitantes, bem cuidada e que está empenhada em melhorar sua infra-estrutura, num projeto ambicioso que vai reforçar o turismo na região da Quarta Colônia, que conta com as belezas naturais de imensas áreas verdes, vales, montanhas, cascatas e cachoeiras. 
 
Como pontos turísticos temos o Parque Histórico Obaldino Benjamin Tessele que oferece aos visitantes uma boa estrutura. Churrasqueiras, lago com pedalinhos e quadras de esportes integram o complexo de lazer. A desapropriação de uma área próxima ao Rio Jacuí, de 6,6 mil metros quadrados, vai possibilitar a prática de esportes náuticos no futuro. Salames, queijos, vinhos, frutas, legumes e schimier serão comercializados em duas típicas casas do interior, uma italiana e outra alemã. Em Dona Francisca, a fé também virou atração. Além da bela Igreja Matriz, o Morro da Cruz atrai um grande número de turistas. Segundo a história, a primeira cruz foi levada ao morro há mais de 35 anos, como pagamento de promessa.
Resgatando a tradição, a administração municipal anterior instalou uma cruz de metal no topo do morro. Com 12 metros de altura, seis de largura e 800 quilos, a cruz foi erguida depois de quatro dias de transporte difícil e arriscado. Hoje do alto, ilumina os caminhos dos que passam pela RS-509.
 
É visível no povo e educadores o interesse em preservar seu legado histórico, cultivando nas mentes das crianças e jovens esta importância. E como forma de cultuar as tradições e toda esta gama histórica e a alegria dos antigos imigrantes, o município conta com grupos de dança alemãs e italianas, o CTG Despertar, o Coral "Vozes do Vale" e mais recentemente um grupo Afro. Ainda na área de cultura, está sendo desenvolvido um projeto intitulado - "Reconstruindo o Passado".
Principais Eventos
    • Festa de São Vicente Pallotti, janeiro.
    • Festa de Nossa Senhora dos Navegantes, fevereiro.
    • Festa da colheita, junho.
    • Semana do Município, julho.
    • Festa de Nossa Senhora da Saúde, novembro.
    • Festa de Nossa Senhora da Conceição, dezembro.
    • Serenatas Natalinas, dezembro.

Índice de qualidade de vida
Rede de água (metros):                             12.388
Rede de esgosto (metros):                        980
Coeficiente de mortalidade infantil:          31,75%
PIB per capita (US$):                                 2.992,09
Dados de 1996

 
 

voltar


Sindicato do Comércio Varejista de Cachoeira do Sul
Rua Saldanha Marinho, 1156     Telefone: (51) 3722-2767
E-mail: sindilojas@sindilojas.com.br   S-Info webmail